sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Solidão Infinita

A solidão não é quando todos te deixam, a solidão é quando você se deixa. Aonde eu me encontro então? Em meio ao caos mental, ao caos sentimental, ou em qualquer tipo de caos. Me encontro sem você. Quem é você? O meu eu. Cadê eu?

domingo, 16 de outubro de 2011

Paredes Descascadas

É chuva que eu quero. Eu quero morrer. Renascer. Sabe se lá mais o que. Já teve o cansaço de 200 anos? Tenho 220 anos. Tenho idade de criança. E eu falo tanto, falo asneiras, falo com as paredes, falo só e só eu fico. Falo com Deus, falo com todos. Falo de Deus, falo de todos.

Que poesia barata.

Seguidores