segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Assim Era Os Dois.


Tua boca faz um coração. É bobeira, mas foi isso que o fez ele se apaixonar. E também, tem as sardas. As sardas o deixam louco, todo cheio de vontade.
O corpo dela, era todo, uma belezinha. Palavra perfeita. Mas ele gostava assim, gostava dela todinha. Ele a admirava, a via como a única luz do mundo. Mas ela realmente brilhava, e brilhava pra ele. E ele? Só olhava. Só desejava.
Teu vestido tinha um coração e voava leve em seu corpo. Solto e florido e ele brincava de ser pai das tuas crianças. Ele brincava querendo ser verdade, no fundo.
Havia uma certa melancolia no teu jeitinho, por inteira. Até no teu andar, no falar manso, no humor ácido. Quase um veneno doce. E ele, era ele. Só contemplava. Só sentia. Apreciava.
Como uma foto preto e branco, uma música que te faz chorar ou rir, até mesmo sonhar um pouco. Até mesmo querer mais um pouco, assim era os dois.
E eu só assistia, rindo.

3 bolhas estouradas:

Rafah G. disse...

esperando alguem me desejar assim

Elania disse...

Ficou um doce de ler. Fofo. :}

Elyza disse...

que saudade disso :(

Seguidores