quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Uncertain Fate.


Com um cigarro em uma mão e os olhos vidrados na lua as horas passavam se eu ao menos notar, eu não ligava. Havia todo o tempo do mundo para mim apreciar o que eu queria. Estava focada em tentar esquecer o que deveria ser esquecido. Não queria lembrar das coisas que foram ditas que entraram como uma faca no meu estômago. Era pior do que se fosse no coração porque bom, no coração as chances de não sobreviver eram bem maiores. Mas enquanto eu tentava colocar aquelas inconvenientes lembranças em uma caixinha aonde eu nunca mais abriria um sentimento se angustia se instalava no meu peito, se espalhando por todo o meu corpo, eu havia me dado conta de como sozinha eu estava naquele momento. Não queria ninguém do meu lado me dizendo nada. Não queria que ninguém me apoiasse apenas queria alguém do meu lado. Isso bastava para mim. Eu sentia falta de tudo que havia dado as costas. Sentia falta daquela velha alegria que me rondava todos os dias e que ao mesmo tempo que estava tão perto eu estava tão alheia a ela. Eu havia ido muito longe pra me arrepender e voltar. Não arrependeria por tudo que eu tinha feito, eu não podia. Tinha lutado tanto tempo por isso, não iria voltar, eu apenas queria levar comigo aqueles poucos fragmentos de felicidade que eu tive.Os primeiros raios de sol já aparecia no céu, eu definitivamente tinha perdido a noção de tempo, me levantei sentindo minhas pernas um pouco travada pela mesma posição durante horas, joguei meu cigarro fora e novamente dei as costas ao mundo e fui embora sem olhar pra traz.


ps: Ninguém vai entender esse texto, ninguém vai apreciar-lo como deveria com exceção de uma pessoa, e espero que ela goste. Desculpe pela demora, e essa texto pode ser uma realidade daqui uns anos... Depende o que acontecerá :D Mas se acalmem, não é MINHA realidade. Ok ok, estou falando e falando e não explicando nada D: desculpe por isso e novamente desculpa pela demora pra postar D: e a propósito: parabéns rute e nhe nhe *-*

4 bolhas estouradas:

isabella M. disse...

bom,eu aprecio ele como devo apreciar :* e ah,nao fumo,
beijos

Tatáh disse...

Ameii *-* aah demoro mesmoo postar o.O

Gurniak, Rafaela disse...

Aprecio ele como deveria apreciar, e não fumo tbm [2] uahsuahsauhs mó chata.... suahsuahsuahsuhaush

adoro ler e passar por aqui!

Beijos de jones para jones *-*

Baldster disse...

nooooffa, agora eu vou comentar MUAHAHAHAHAHA - as pessoinhas tremem sob meu poder e -QQ aeaeaeaea lembro do meu aniversário *-*' séculos que eu não venho aqui, foi em fevereiro a última vez né ?! tipassim nem li o texto, mentira, eu li e achei uma gracinha e um xuxuzim e muito fofo e muito meigo, feliz ? :B

Seguidores